Fundação São Francisco Xavier e Usiminas alertam em Live sobre cenário e vacinação contra Covid-19

Publicado em 21/05/2021


Com o Brasil ainda enfrentando uma crise sanitária por causa da pandemia, a vacinação ganha destaque como principal alternativa para conter a Covid-19. No entanto, o debate sobre a imunização ainda desperta dúvidas em muitas pessoas. Hoje (21), pela manhã, o Diretor de Hospitais da Fundação São Francisco Xavier, Dr. Mauro Oscar de Souza Lima, o Diretor corporativo de Gestão de Pessoas e Inovação da Usiminas, Cesar Bueno, juntamente com a médica infectologista da Fundação São Francisco Xavier, Dra. Mariana Vasconcelos se reuniram em uma Live para esclarecer dúvidas, reforçar a importância e desvendar mitos relacionados à vacina contra a Covid-19.

Durante o evento on-line, foi reforçado que embora desenvolvidas em tempo recorde, as vacinas foram submetidas a inúmeros e rigorosos testes de segurança até chegar às populações. Somente após todo o rigor científico foram aprovadas para uso.   “A vacina é o nosso bem maior neste momento. Como não existe nenhum medicamento disponível com comprovação científica para o tratamento da Covid-19, a única maneira de conter a doença é a vacina e as medidas de prevenção”, comenta Dra. Mariana.

Segundo a médica, “com o aumento dos grupos protegidos, o número de infectados pela doença cai progressivamente reduzindo a circulação viral entre as pessoas, por isso a vacina é a maneira mais eficaz e segura de conter essa pandemia”, disse.

De acordo com o Diretor de Hospitais da FSFX, Dr. Mauro Oscar de Souza Lima, muitas pessoas ainda têm se comportado como se estivesse acabado a pandemia. Ele alerta que esse momento de crise que estamos vivendo deixa um legado. Temos que pensar no legado que a pandemia deixa em duas áreas: a da saúde e da educação. A saúde passou por uma evolução, no sentido de trazer tecnologias que já estavam prontas, mas ainda não tinham sido implantadas. Na área da educação, o ensino a distância agora faz parte da nossa vida. São eventos e reuniões virtuais que encurtaram caminhos. O trabalho se adaptou. Tudo será um aprendizado. Temos que entender que as relações já mudaram e vão mudar ainda mais. É a transformação digital em todas as relações”, comenta.


Uso de máscara após a vacinação

Muito tem-se perguntado se os vacinados contra a covid-19 precisam manter o uso de máscara. A resposta, de acordo com a Dra. Mariana é: sim!  “A continuação das medidas de proteção é importante, por alguns motivos como os dados de eficácia global de algumas vacinas, o fato doença ser nova e poder evoluir com mutações que não respondam às atuais vacinas e, principalmente, por ser necessária a vacinação de uma grande parcela da população para todos serem considerados protegidos, e como se trata de pandemia até essa meta ser alcançada pode demorar algum tempo. Então, ainda após a vacinação as medidas de proteção individual e coletiva devem permanecer”, conclui.

O Diretor corporativo de Gestão de Pessoas e Inovação da Usiminas, Cesar Bueno finalizou a live com uma mensagem de otimismo. “Para nós, o que importa é a vida. O nosso maior desafio, da Fundação São Francisco Xavier e da Usiminas é cuidar de gente! E tivemos muitas pessoas que foram tratadas pela FSFX.O comportamento de cada um de nós é que vai decidir o resultado em nossa sociedade. Acreditamos que isso vai passar, mas as medidas de prevenção devem ser obedecidas. Só assim chegaremos ao final com saúde, reflexão e aprendizado”, destacou.

Av. Kiyoshi Tsunawaki, 41, Bairro das Águas, Ipatinga, Minas Gerais, CEP 35160-158

Serviços de Orientação ao Cliente

31 3829-9000

Fale Conosco