COMPARTILHE

Faculdade São Francisco Xavier

A Faculdade

Alinhado ao princípio e à intenção de que o direito à educação é, sobretudo, o direito à aprendizagem, a Faculdade São Francisco Xavier vem identificando ações que possam contribuir para aprimorar a gestão de outras unidades e melhorar a qualidade de ensino por meio de treinamentos, de palestras, de cursos específicos e de formação continuada voltada para professores e educadores como um todo.

Por suas realizações e reconhecimento expressos pela comunidade local, regional e estadual, a Faculdade São Francisco Xavier por meio do Colégio São Francisco Xavier, além de atender às necessidades básicas da comunidade local, estabeleceu um padrão de qualidade que é referência na área educacional e legitimou as propostas iniciais do projeto de construção da USIMINAS.

A partir do histórico do CSFX e de toda sua experiência na área educacional, a Fundação Educacional São Francisco Xavier, considerou que é chegada a hora de entrar na área de Ensino Superior, considerando a necessidade de formação de profissionais qualificados nas áreas de saúde e educação.

Partindo do princípio que nos aspectos ligados à saúde, a Região Metropolitana do Vale do Aço apresenta o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) de longevidade acima das médias estadual e nacional nos quatro municípios do núcleo metropolitano (Ipatinga, Coronel Fabriciano, Timóteo e Santana do Paraíso), da mesma forma que ocorre com a expectativa de vida ao nascer em três dos quatro municípios. Apenas Timóteo, cuja esperança de vida é de 75,14 anos, tem o valor menor que a média estadual (75,3 anos), sendo ainda superior à média nacional (73 anos); No colar metropolitano, no entanto, 16 municípios apresentam IDH da longevidade abaixo da média estadual.

Considerando, ainda, a quantidade de filhos por mulher, o valor médio de Coronel Fabriciano e Santana do Paraíso (1,9 em ambos) é superior à média estadual (1,7) e nacional (1,8), enquanto que as taxas de Ipatinga (1,6) e Timóteo (1,5) são menores que as mineira e brasileira. Em 2012, as taxas de mortalidade infantil variavam de 4,3 óbitos de nascidos vivos em seu primeiro ano de vida em Santana do Paraíso a 12,9 mortes em Coronel Fabriciano. O Hospital Márcio Cunha em Ipatinga e a unidade do Hospital São Camilo de Timóteo (Hospital e Maternidade Vital Brasil) são considerados referências regionais para a realização de partos de alto risco.

Tendo em vista a disponibilidade de cerca de 240 estabelecimentos de saúde e 900 leitos hospitalares, o núcleo metropolitano também possui uma quantidade de leitos para cada mil habitantes abaixo da média nacional em seus quatro municípios, onde o índice varia de 0,64 em Coronel Fabriciano a 2,2 em Ipatinga frente à média brasileira de 2,25, segundo o DATASUS em 2014. O Hospital Márcio Cunha, que é administrado pela Fundação São Francisco Xavier (FSFX), órgão da Usiminas, também é referência em serviços de alta complexidade, como oncologia e hemodiálise.

O cenário do ambiente educacional do Vale do Aço também apresenta dados peculiares e interessantes, sendo o IDH da educação médio entre os municípios da Região Metropolitana do Vale do Aço, de 0,673 segundo o PNUD em 2010. Tal índice está acima das médias estadual e nacional e é classificado como “alto” em três dos quatro municípios. A exceção é Santana do Paraíso, cujo IDH da educação é considerado “médio”.

Segundo dados do IBGE, em 2010 a taxa de conclusão do Ensino Médio, entre jovens de 18 a 20 anos, era de 44,9% e o analfabetismo funcional atingia 6,2% das pessoas de 15 anos ou mais de idade e, em 2013, a região metropolitana dispunha de 13 unidades de ensino superior, sendo uma em Coronel Fabriciano, uma em Santana do Paraíso, duas em Timóteo e as nove demais em Ipatinga. Em 2010, 14,5% da população metropolitana frequentava o ensino superior, segundo o IBGE.

Assim, a Faculdade São Francisco Xavier foi criada com o intuido de ser referência em ensino superior assim como o CSFX.

A Educação Superior tem dado ampla prova de sua viabilidade no decorrer dos séculos e de sua habilidade para induzir mudanças e progressos na sociedade. Devido ao escopo e ritmo destas transformações, a sociedade tende paulatinamente a transformar-se em uma Sociedade do Conhecimento, de modo que a Educação Superior e Pesquisa atuem agora como componentes essenciais do desenvolvimento cultural e sócio-econômico de indivíduos, comunidades e nações. Declaração Mundial sobre Educação Superior (1998).

A Faculdade São Francisco Xavier pretende desenvolver um projeto pedagógico que permita ao corpo discente uma aprendizagem teórica e prática, bem como compreender o contexto das nuances necessárias ao sucesso profissional e pessoal.

Partindo do princípio de que o modelo de ensino superior lança-se em um modelo ‘neoprofissional’, heterônomo e competitivo, a missão da instituição será convalidar espaços de produção científica, de conhecimento, de cultura e de inovações.

Para tanto, estruturará suas ações a partir de sua missão: Oferecer Educação Superior de excelência, favorecendo a formação de profissionais conscientes de seus papéis, éticos e com visão humanística transformadora da sociedade.

A fim de que a missão institucional tenha êxito, os objetivos sejam cumpridos e as metas alcançadas, a Faculdade São Francisco Xavier estimulará o desenvolvimento do espírito científico e do pensamento reflexivo, formando profissionais aptos para a inserção no mercado de trabalho e para a participação no desenvolvimento da sociedade.

Apoiada nos pressupostos descritos neste documento e em consonância com a legislação vigente, a Faculdade São Francisco Xavier terá como finalidade a promoção de estudos de nível superior, o estímulo à pesquisa e à prestação de serviços à comunidade, mediante atividades de extensão.

A Faculdade São Francisco Xavier desenvolverá ações e projetos, com o intuito de cooperar para a melhoria da qualidade de vida da população.

Conhecendo de perto os problemas enfrentados pela população, a Faculdade São Francisco Xavier prestará serviços especializados à comunidade e estabelecerá uma relação profícua, por meio dos programas de extensão, aberto à participação da população, com vistas à difusão do conhecimento gerados na instituição, consolidando suas atividades educacionais e assistenciais.

Vários projetos serão desenvolvidos com foco na promoção da saúde, do bem-estar social e da cultura. As ações e projetos sociais terão a participação de professores e alunos de todos os cursos oferecidos pela instituição.

Em consonância com a Lei de Diretrizes e Bases – LDB – Lei 9.394/96 e o que estabelece no próprio Regimento da Faculdade São Francisco Xavier, são objetivos da Faculdade São Francisco Xavier:
I. Ministrar, em sua área de domínio cognitivo, cursos de graduação e de pós-graduação, com vistas a formar cidadãos aptos à inserção em setores profissionais e acadêmicos e à participação no desenvolvimento da sociedade.
II. Ministrar cursos superiores de tecnologia que venham a atender as necessidades e aspirações da sociedade.
III. Desenvolver atividades de pesquisa, formar e fixar pesquisadores e promover o intercâmbio com instituições científicas nacionais e internacionais.
IV. Desenvolver atividades e cursos de extensão, enquanto função articulada com o ensino e a pesquisa.

Para atingir estes objetivos, a Faculdade São Francisco Xavier apresenta como prioridades, diante de sua filosofia de ação, o ensino mediante a construção e a produção do conhecimento, o resgate da cidadania, a geração e transferência de tecnologia através da pesquisa e da extensão e da prestação de serviços à comunidade.

A partir deste contexto, a instituição realizou algumas pesquisas – considerando os serviços oferecidos pela instituidora e a região em que a Faculdade São Francisco Xavier está sediada, as demandas e a realidade do mercado e os anseios da população – para escolher as áreas de atuação acadêmica em que irá atuar em Ipatinga/MG abrangendo a região.

Os cursos de graduação da Faculdade São Francisco Xavier irão conferir grau de bacharelado, licenciatura e superior em tecnologia de acordo com as Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN), específicas a cada área de atuação, bem como a política, a missão e a filosofia institucional.

As estruturas curriculares e organizações das graduações encontram-se explicitadas em seus Projetos Pedagógicos.

A Faculdade São Francisco Xavier, em consonância com a missão, visão e objetivos institucionais, prevê como metas prioritárias para o período de 2018 a 2022:

I – Implantar o curso de graduação, a partir de 2020, conforme o quadro a seguir:

2020

Graduação Turmas por semestre Turno Número de alunos
Por turma Por ano
Enfermagem 3

Manhã

Noite

50

100 (2 de 50)

150

II – Implantar o quadro de pessoal docente.

III – Implantar o quadro de pessoal técnico administrativo.

IV – Implementar convênios e parcerias com instituições públicas e privadas, nacionais e internacionais.

V – Estabelecer uma política de capacitação do corpo docente e técnico administrativo.

VI – Implantar a infraestrutura necessária para atendimento aos cursos e programas e ao aumento da demanda.

VII – Implementar o projeto político pedagógico da Faculdade São Francisco Xavier.

VIII – Instituir o sistema de controle e registro acadêmico.

IX – Constituir o plano de carreira do pessoal docente e do pessoal técnico administrativo.

X – Organizar programas de monitoria e iniciação científica para o corpo docente.

XI – Criar a biblioteca para atendimento à comunidade acadêmica.

XII – Informatizar os serviços prestados pela biblioteca.

XIII – Adequar e atualizar o acervo bibliográfico.

XIV – Implantar o sistema de informação para suporte à gestão institucional.

XV – Estabelecer o processo de avaliação institucional, dos cursos e da faculdade.

XVI – Instituir condições para acessibilidade, bem como instalações físicas e equipamentos para pessoas com necessidades especiais.

XVII – Implantar o processo de avaliação institucional da faculdade.

Criação e Reconhecimento

A Faculdade São Francisco Xavier protocolou seu o processo de credenciamento e de autorização do curso de Graduação em Enfermagem, conforme quadros situacionais a seguir:

Atos autorizativos da Faculdade São Francisco Xavier

IES Protocolo de Credenciamento
Faculdade São Francisco Xavier

Credenciamento pelo parecer nº 1830, publicada no D.O.U. de 22/10/2019

Fonte: sistema e-MEC

 

Curso Protocolo de Autorização
Curso de Enfermagem Curso Enfermagem – Autorização Portaria nº 492 de 25/10/2019

Fonte: sistema e-MEC

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

/ TODAS AS NOTÍCIAS >