Hospital de Cubatão implanta atendimento de quimioterapia para o SUS

O Centro de Alta Complexidade do Hospital de Cubatão (HC) passou a oferecer, a partir desta quinta-feira, o atendimento de quimioterapia voltado para o Sistema Único de Saúde (SUS).  O serviço será regulado pela Diretoria Regional de Saúde IV e, o atendimento seguirá o dimensionamento de 60% de vagas para residentes de Cubatão e 40% para outras cidades da Baixada Santista.

O início do atendimento da quimioterapia é mais uma etapa no processo de abertura gradual dos serviços oferecidos no Centro. Atualmente, estão em funcionamento o ambulatório, consultas em nefrologia e oncológicas, para cabeça e pescoço e urologia dos pacientes da rede pública, além do setor de hemodiálise. O atendimento no local é destinado aos pacientes encaminhados pela Central de Regulação de Vagas (para os atendimentos de oncologia) e por agendamento das secretarias de Saúde (para a hemodiálise).

“A Fundação, com o apoio da nossa instituidora, a Usiminas, e do Município de Cubatão, trabalha para ampliar cada vez mais a prestação de serviços de qualidade no HC, conforme nosso compromisso com a comunidade local. E o atendimento na quimioterapia auxiliará de forma decisiva o SUS da região, já que é uma especialidade ainda com oferta restrita no Serviço Público. Nosso objetivo é continuar ampliando os atendimentos, sempre com foco no trabalho humanizado, de acolhimento, por meio das nossas equipes multidisciplinares”, afirma Ana Rosa dos Santos, superintendente do Hospital de Cubatão.


Ampliação

No início do mês, foi anunciada a ampliação da oferta de leitos SUS no Hospital de Cubatão, por meio de termo assinado entre a Fundação e a Prefeitura local. A partir de agora, a unidade passa a oferecer mais 25 leitos clínicos e cirúrgicos ao SUS sendo 22 adultos e três pediátricos, totalizando 100 unidades públicas para internação. Com isso, haverá também um acréscimo na capacidade de realizações de cirurgias de alta e média complexidades.