Acesso exclusivo

FSFX compartilha história do HMC com a comunidade

Publicado em 14/05/2020

O lançamento do livro, agora disponível em bibliotecas da cidade, faz parte das comemorações dos 50 anos do hospital

“Ambulâncias, macas e aparelhos. Profissionais de branco agitados pelos corredores e uma infinidade de pessoas em busca de atenção. Ciência e técnica a serviço da cura. Geralmente, essas imagens estão cristalizadas na memória da maioria de nós quando pensamos em um hospital. Óbvio que tais elementos são indispensáveis para o funcionamento de qualquer unidade de saúde, mas nem de longe traduzem a historia que habita esse ambiente tão marcado pela incessante luta pela vida. Especialmente, quando o hospital em questão tem a peculiaridade de ter nascido no seio de um projeto industrial, cujo objetivo primordial não era o atendimento à saúde, mas sim, fabricar aço.”

O trecho acima foi escrito pelo jornalista, documentarista e historiador Sávio Tarso, autor do livro “50 anos Hospital Márcio Cunha: uma história repleta de vida, sonhos e pessoas”. Lançado pela Fundação São Francisco Xavier (FSFX) na cerimônia de comemoração do cinquentenário da instituição, no último dia 7, no Teatro do Centro Cultural Usiminas, agora a obra passa a estar disponível para comunidade nas principais bibliotecas da região. “O livro é muito importante para a comunidade e para as pessoas que querem saber sobre a história de Ipatinga. Não tem como falar da cidade sem lembrar-se do Hospital Márcio Cunha”, elogia Jorge Inácio, gerente da Biblioteca Pública Municipal de Ipatinga – Zumbi dos Palmares.

A Fundação São Francisco Xavier entregou ainda exemplares à Biblioteca do Centro Universitário do Leste de Minas Gerais – Unileste-MG, em Coronel Fabriciano, para a biblioteca da Faculdade de Medicina do Vale do Aço – Famevaço, em Ipatinga, e para a biblioteca Central de Ideias, do Instituto Cultural Usiminas. “A biblioteca Central de Ideias tem a preocupação de ter espaço para registro da memória. Nada mais importante e fundamental do que ter o registro dos 50 anos do hospital em nosso acervo. A memória é fundamental para construção de um futuro. Um país que não se lembra da sua história e não guarda memória, não é um país completo, pois é a partir desses registros e materiais é que podermos desenvolver novas ações para o futuro”, destaca Penélope Rocha Portugal, coordenadora do Instituto Cultural Usiminas.

História feita com grandes personagens

Construído a partir de depoimentos de pessoas que fizeram parte dessa história, o livro tem 91 páginas repletas de vida, sonhos e personagens, cujas histórias de trabalho se entrelaçam com a trajetória de sucesso do HMC. Uma delas é médica pediatra Vera Lucia Venâncio Gaspar, que chegou à Ipatinga em 1972, para trabalhar no local onde atende até os dias atuais. “Sempre vou me referir ao Hospital Márcio Cunha com o máximo de carinho e amor. Foi o meu primeiro local de trabalho e a evolução da medicina nesses anos acompanha o hospital. Preservar a sua história é fundamental para vermos o progresso que houve. Nesses 43 anos que estou aqui, vi e acompanhei o desenvolvimento do hospital, entidade séria, comprometida com as pessoas, com a ética e com a evolução.” Vinculada também à Faculdade de Medicina do Vale do Aço, onde é professora, Dra. Vera recebeu em nome da instituição o exemplar que ficará na Biblioteca da Famevaço.

 

Bibliotecas públicas em Ipatinga

•  Biblioteca Pública Municipal Zumbi dos Palmares

Rua Mariana, 119, Centro  |  3829-8393

Funcionamento: segunda à sexta, das 8h às 18h

Para ser sócio: apresentar CPF, foto 3×3, comprovante de residência

•  Biblioteca Central de Ideias – Centro Cultural Usiminas

Av. Pedro Linhares Gomes, 3.900, Shopping do Vale do Aço  |  3824-3849

Funcionamento: terça à sexta, das 10h às 21h – sábado, das 13h às 19h

Para ser sócio: apresentar documento com foto, foto 3×4 e comprovante de residência

 

icone-whatsapp 31 98286-8578